Feeds:
Posts
Comentários

Archive for maio \25\UTC 2010

Fortaleza recebe o cantor eleito por dois anos consecutivos como um dos melhores cantores do Estado de Minas Gerais (no Festicano).

Lançou-se no mercado fonográfico gravando em seu primeiro CD, sucessos como: “Camas Separadas”, “Amor Rebelde”, “Cara Metade”, “Só da Ela no Meu Coração”.

Atingindo a marca de 150.000 cópias vendidas, participa com a ajuda do cantor e compositor Robério (e seus teclados) em programas na TV Diário.

 

Local: Galpão 4
Data: 29/5/2010
Horário: A partir das 22h
Ingressos: R$ 10,00
Onde Comprar: Casas Xavier em Messejana, Antônio Bezerra ou Bom Jardim; Shopping Camelo – Centro; Bilheteria da Casa
Informações: (85) 8792.2010
Endereço: Av. Osório de Paiva – em frente ao Terminal do Siqueira –
Telefone: (85) 8792.2010

Anúncios

Read Full Post »

O espetáculo “Improvável”, da Cia. Barbixas de Humor, chega aos palcos da capital baiana pela primeira vez. A peça estará em curta temporada , de 11 a 13 de junho, no Teatro Jorge Amado, na Pituba, com ingressos a R$ 50 (inteira) e R$25 (meia-entrada).

Criada, produzida e encenada pela Cia Barbixas de Humor, a montagem tem com base o improviso, com a plateia participando da criação das cenas. O elenco é formado pelos atores Anderson Bizzocchi, Daniel Nascimento e Elídio Sanna,

“Improvável” sempre recebe atores convidados. Já participaram da montagem Rafinha Bastos, Marcio Ballas, Marco Luque, Marcelo Tas, Oscar Filho, Marco Gonçalves, Marcela Leal, Marianna Armellini e Cristiane Wersom.  

O mestre de cerimônia é a pessoa responsável por apresentar e coordenar os temas propostos no palco e o convidado participa dos jogos. Por conta do improviso e do desempenho dos convidados, cada apresentação é única.

| Serviço |

Peça: Improvável  
Onde: Teatro Jorge Amado, Avenida Manoel Dias da Silva nº 2177, no UEC-Pituba
Quando: 11 e1 2 de junho, às 20h, e 13 de junho às 18h
Quanto: R$ 50 (inteira) e  R$ 25 (meia-entrada)

Read Full Post »

Marina Elali está de volta à terra Natal no próximo sábado (29) para show no Boulevard (Nova Parnamirim). A potiguar apresenta seu novo show e sucessos que marcaram sua carreira nos últimos anos, a partir das 22h. A venda de mesas já começou na Michelle Tour (4009-0677) ao preço de R$300, R$200 e R$120. Os ingressos custam R$ 60 (inteira) e R$30 (meia).

Desde criança Marina Elali demonstrou interesse pelas artes, principalmente pela música. Do seu avô materno, o compositor Zédantas – maior parceiro de Luiz Gonzaga – Marina herdou a veia de compositora.

Sua mãe é carioca, filha de pernambucanos, e seu pai é árabe. Marina é formada em música no Berklee College of Music, em Boston-Ma, nos Estados Unidos.

Em 2004, participou do programa Fama da Rede Globo e conquistou fãs em todo o Brasil. Em 2005, a música “Você” (Roberto Carlos/ Erasmo Carlos) foi escolhida pela Rede Globo para ser o tema da novela “América” na voz de Marina, que inclusive até participou do último capítulo da novela.

Em 2006, lançou o seu primeiro CD “Marina Elali”. O álbum foi disco de ouro e teve sete músicas incluídas em trilhas sonoras, destaque para “One Last Cry” (tema de Páginas da Vida), que ganhou versão remix e foi uma das músicas mais executadas nas rádios, bem como “Você”, “Sabiá”- tema da minissérie Amazônia, “Hipnotizar Você” e “Mulheres Gostam”- tema do filme Se Eu Fosse Você, “Conselhos”- tema do filme Segurança Nacional e “Vem Dançar”- tema do especial Casos e Acasos. Em 2007, lançou o seu segundo álbum, “Marina Elali, De Corpo e Alma Outra Vez”.

Repertório romântico, dueto com Fábio Jr., a música “Talvez” na trilha sonora do filme “Segurança Nacional” e duas músicas em novelas da rede Globo. “Eu Vou Seguir”, foi tema de “Sete Pecados” e “All She Wants – O Xote das Meninas”, foi tema da novela “Duas Caras”.

Em 2009, depois de emplacar vários sucessos, Marina Elali lança um DVD. Nele estão reunidos os grandes hits que conquistaram o Brasil, gravados em dois lindos shows, no Rio de Janeiro e em Natal. Nessas apresentações, Marina mostra que é uma artista completa, através de sua performance e composições.

Foram incluídos também videoclipes, um dueto especial com Jon Secada – na faixa “Lost Inside Your Heart”, que fez parte da trilha sonora da novela global “Viver a Vida” – e músicas inéditas. Além do DVD, ainda tem um CD bônus com 12 faixas. “Longe ou Perto” é romântico e alto-astral.

Acaba de ser lançado no Brasil, o novo CD/DVD de Jon Secada, do qual Marina participa cantando ao vivo as músicas “Lost Inside Your Heart” e a inédita “Só te ver sorrindo…”, de autoria de Jon Secada, Jose Gaviria e da própria Marina. Em breve, este CD/DVD também será lançado nos Estados Unidos e em todos os outros países da América Latina.

Em abril deste ano, Marina fez uma turnê com o artista, com casas lotadas, sucesso de público e de crítica. A turnê “Dois shows em uma noite inesquecível – Jon Secada e Marina Elali” passsou por São Paulo (HSBC Hall), Fortaleza (Siará Hall) e Rio de Janeiro (Vivo Rio).

Em maio, estreou nos cinemas de todo o Brasil o filme “Segurança Nacional”, que além de contar com duas músicas assinadas por Marina – “Conselhos” (Marina Elali) e “Talvez” (Marina Elali/Dudu Falcão) -, tem também uma participação especial da cantora interpretando o Hino Nacional.

Data: 29 de Maio 

Horário: 22h

Ingressos: R$ 60 (inteira) e R$30 (meia).

Por NoMinuto

Read Full Post »

“São João tradicional, a gente faz na Capital”. Este é o tema do Ciclo Junino 2010 do Recife, que aposta numa festa com a cara do Nordeste. O festejo vai do dia 1° ao dia 30 de junho em cinco polos – Sítio Trindade, Arsenal da Marinha, Pátio de São Pedro, Nascedouro de Peixinhos e Tomazina, além de 17 polos descentralizados.

Na programação, nomes como Elba Ramalho e Alceu Valença além de artistas tradicionais como Santanna, Dominguinhos, Maciel Salú e Petrúcuio Amorim. Volver, Mombojó, Jr Black, Maquinado, Escurinho, Catarina Dee Jah e Roger Man trazem outros ritmos para o São João recifense.

 Clique no ícone e confira a programação completa.

A programação começa a Orquestra Sinfônica do Recife, no Teatro de Santa Isabel. O músico acordeonista e compositor, Toninho Ferragutti, é o convidado especial para a apresentação dedicada aos homenageados do São João do Recife, Anastácia e Humberto Teixeira.

Entre as novidades deste ano, está a criação da Grife do São João com criações assinadas por Melk Zda e Madame Surto a serem vendidos no Sítio Trindade e a distribuição de 40 mil livretos ‘Nossa Música é a Gente Quem Faz’, com letras de músicas tradicionais.

No calendário, o destque vai para a Caminhada do Forró (dia 10), a Procissão dos Santos (19) e a Procissão de São Pedro (29), que pela primeira vez vai contar com o Concurso de Decoração de Barcos, promovido pela Prefeitura.

O Dia dos Namorados terá apresentações de Alceu Valença, no Sítio Trindade; de Josildo Sá, no Pátio de São Pedro; e de Davi Moraes e Fim de Feira, na Praça do Arsenal.

O investimento na festa chega a R$ 5,7 milhões, aplicados na grade de programação e infra-estrutura.

GALO
Em parceria com o Galo da Madrugada, também acontecerá o Forrozão do Galo, festa que acontece nos dias 4, 5 e 6 de junho na Praça Sérgio Loreto. O evento, terá – a cada dia – dois trios elétricos tocando exclusivamente forró de raiz e também uma cidade cenográfica.

QUADRILHAS
O 26º  Festival Pernambucano de Quadrilhas Juninas Adultas terá a participação de 64 quadrilhas do Recife e Região Metropolitana, divididas em dois grupos, sendo 24 do Grupo 1 e 40 do Grupo 2. As apresentações das eliminatórias acontecerão nas seis RPA’S, a partir das 20h.

Já o Festival Pernambucano de Quadrilhas Juninas Infantis chega a sua 12ª  edição, com 21 quadrilhas do Recife e Região Metropolitana inscritas. Os grupos se apresentam no Sítio Trindade, nos dias 5, 6, 12 e 13 de junho para a etapa eliminatória e no dia 19, para a etapa final, no mesmo lugar, sempre às 15h.

Read Full Post »

O Ballet Imperial da Rússia, apresenta trechos dos clássicos “Romeu e Julieta” e “Don Quixote”. No teatro Gustavo Leite.

Local: Teatro Gustavo Leite
Data: 28 de maio
Inf.: 8825-2808 e 9371-2825

Read Full Post »

Flávio Venturini fará duas apresentações em Salvador, nos dias 28 e 29 de maio, no Cine Teatro SESC, na Casa do Comércio. O cantor e compositor mineiro traz o show “Não se apague esta noite”, com repertório do último CD e DVD.

Entre as canções inéditas estão “Recomeçar”  e “Mantra da criação”, além dos sucessos conhecidos do público como “Noites com sol”, “Céu de Santo Amaro”, “Espanhola” e “Todo azul do mar”.

O músico esteve na capital baiana no ano passado, mas veio com um show intimista. Agora, a promessa é de que venha acompanhado com a banda completa. Sua equipe é formada por André Godoy (bateria), Maurício Oliveira (baixo e vocais) e Vinícius Rosa (guitarra e vilões).

Serviço: Flávio Venturini, no lançamento do CD e DVD ‘Não se apague esta noite’
Data:
28 e 29 de maio, às 21 horas
Local: Cine Teatro SESC, na Casa do Comércio
Valor: R$ 30 (meia) e R$ 60 (inteira)
Vendas: na bilheteria do teatro – Classificação 16 anos
Informações: 3273 8543 / 8732

Read Full Post »

Escrito e interpretado pela atriz carioca Sara Antunes, o monólogo Negrinha, sucesso de crítica e de público no Rio de Janeiro e em São Paulo, é a atração do Esmal Cultural neste mês de maio. O espetáculo, que será exibido nos próximos dias 25 e 26, às 20h, no Café Literário Marili Ramos da Esmal, conta a história de uma menina negra vivendo em um engenho de açúcar no fim do século XIX.

Baseado no conto homônimo de Monteiro Lobato e relatos de Gilberto Freyre, Negrinha mistura as memórias e fantasias de uma criança escrava, as contradições de um tempo e de uma história.

O monólogo também polemiza ao colocar em cena uma atriz branca vivendo uma personagem negra. “Já se atribuiu 136 cores diferentes para denominar o povo brasileiro”, lembra uma dos textos de encarte de Negrinha.

Entre velas, luzes e sombras

Convidando o espectador a experimentar uma viagem pelo tempo, a cenografia do espetáculo trabalha a iluminação de velas, onde sombras e luzes atuam ao lado da atriz. No palco, a menina, uma boneca e grãos de café. Um fantasma que ainda atormenta a Casa-Grande, a “casa de açúcar” como Negrinha gosta de chamar.

Essa é uma história iluminada pelas minúsculas luzes de velas cansadas, longínquas, manipuladas pelas mãos de Negrinha, nem tão doces e claras como o açúcar, que não sabemos ser verdadeiras ou assombrações de nossas mentes.

Resultado de um trabalho artesanal, voltado ao preciosismo das palavras, objetos e figurinos interagem, provocando o público a um verdadeiro mergulho pelo universo sensorial das senzalas e casarões dos senhores de engenho.

É uma peça que retrata o fim da escravidão, mas também revela uma sociedade sob a perspectiva de uma criança escrava, que emerge da dimensão poética e lúdica e dos relatos ao mesmo tempo apavorantes e cruéis, de uma história real.

Sobre Negrinha

Criada em 2007, com o incentivo do Programa de Ação Cultural (PAC), a peça surgiu da necessidade de fazer ecoar, pela voz baixa e frágil de uma menina, um momento crucial da história brasileira: o fim da escravidão.

O monólogo evidencia um Brasil que a história oficial não relata, já que trata-se da perspectiva de uma criança sem nome e sem futuro, aprisionada como um fantasma na casa grande.

Dirigido por Luiz Fernando Marques, com direção de arte de Renato Bolelli Rebouças e coordenação de Paulo Mattos, esse é um espetáculo que já percorreu diversos estados brasileiros, levando a história fragmentada de uma memória infantil. É a história de Negrinha, que tem afeição pelas cores, em especial pelas cores das pessoas.

Local: Café Literário Marili Ramos – Esmal

Dias: 25 e 26 de maio, às 20h

Read Full Post »

Older Posts »