Feeds:
Posts
Comentários

Archive for junho \30\UTC 2010

Cantor de rap brasileiro faz apresentação em Fortaleza e junto com ele também fazem parte da festa Black Alien e Dj Negralha.

Em 2001, ganhou o prêmio de Melhor Videoclipe de Rap por “Soldado do Morro” no Video Music Brasil.

Ele é autor, junto com Celso Athayde, do famoso livro e documentário Falcão – Meninos do Tráfico. O documentário é o mais famoso de sua carreira. Ele conta a história de dezessete meninos envolvidos com o tráfico de drogas e suas vidas em diversas favelas; dos dezessete, apenas um sobreviveu.

MV Bill também foi um dos fundadores da Central Única de Favelas, a CUFA, que é responsável por várias atividades sócio-educativas realizadas em várias favelas, entre elas a Liga Brasileira de Basquete de Rua.

Local: Barraca Biruta
Data: 3/7/2010
Ingressos: Em Breve
Endereço: Av. Zezé Diogo, 4111 – Praia do Futuro
Telefone: (85) 3234.5226

Anúncios

Read Full Post »

Eva e Jamil e Uma Noites, os dois grupos de axé realizam grande festa no Wet´n Wild – Av. Luiz Vianna Filho, s/n, Paralela. R$ 150 (masculino) e R$ 120 (feminino) camarote open bar; R$ 50, pista. 16 anos (pista) e 18 anos (camarote). Dia 2 de julho, a partir das 15h.

Read Full Post »

O cantor e compositor Toquinho realiza neste sábado (3) um show no Teatro da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Na ocasião, o artista vai apresentar clássicos criados em mais de 40 anos de carreira.

Toquinho aproveita a ocasião para, além de tocar suas canções, contar histórias vividas por ele e outros mestres como Vinícius de Moraes e João Gilberto.

Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do próprio teatro e nas lojas VR do Shopping Recife e Plaza pelo preço de R$ 80. Idosos, estudantes e professores pagam meia.

Local: Teatro da UFPE
Data: sábado (3 de julho), às 21h
Preço: R$ 80 (meia entrada para idosos, estudantes e professores), à venda na bilheteria do Teatro e nas lojas VR do Shopping Recife e Plaza
Informações: (81) 3207-5757

Read Full Post »

O premiado diretor Gabriel Villela apresenta sua montagem de “Calígula’, um dos maiores textos teatrais do século 20, peça clássica do escritor argelino/francês Albert Camus (1913-1960), com tradução de Dib Carneiro Neto. No elenco, Thiago Lacerda (Calígula), Magali Biff (Cesônia), Cláudio Fontana (Cherea), César Augusto (senador romano e Ruffius, o poeta), Rodrigo Fregnan (Hélicon), Pedro Henrique Moutinho (Scipião, poeta) e Ando Camargo (intendente do tesouro romano e Metellus, poeta). A peça é a história de Gaius Caesar Germanicus, conhecido por Calígula, terceiro imperador romano, reinante entre 37 e 41, que ficou conhecido pela sua natureza extravagante e por vezes cruel.

Os intelectuais da época de Camus reconheceram, atrás da máscara do imperador louco, a figura de Hitler. Em outros personagens, é bem visível a consciência lúcida daqueles que, naquele tempo, mesmo tendo consciência da tirania, não souberam fazer oposição a ela por causa de sua frágil identidade cultural.

Camus escreveu uma peça que aborda as questões da Felicidade, da Liberdade e do Poder. Uma reflexão sobre o Homem e sobre aqueles que podem ser os seus extremos, sobre a Loucura, o Absurdo e o Destino. Ao espectador atento, o texto sintetiza com eficácia outros traços da figura do imperador: a lucidez, a tristeza, uma envergonhada ternura, o remorso pelo amor perdido, a espantosa solidão, o desencanto e a ferocidade, dos quais afloram a medida de uma grandeza humana que, por mais enlouquecida que seja, não pode deixar de nos maravilhar.

É significativa, neste sentido, uma breve passagem do IV ato, na qual o filósofo Cherea declara aos senadores, já decididos pela conspiração para matar Calígula: “Reconheçamos, ao menos, que este homem exerce uma inegável influência. Obriga toda a gente a pensar.”

Evento: Calígula
Data: 2/7/2010 a 4/7/2010
Local: Teatro Castro Alves – Sala Principal
Endereço: Praça 2 de julho, s/n
Horário: Sexta e sábado às 21h e domingo às 20h
Ingressos: No local
Valor: R$ 40
Site: www.tca.ba.gov.br

Read Full Post »

O Sindicato e a Organização das Cooperativas do Rio Grande do Norte (OCB/RN) lançam o 1º Festival Cooperativista da Música Potiguar, que será realizado nesta sexta-feira (2), a partir das 19 horas, no pátio do Palácio da Cultura.

Ao longo do evento, serão premiados três trabalhos, nas categorias de melhor intérprete e melhor canção por voto popular. Além da premiação, será gravado um CD com as dez primeiras músicas classificadas no festival.

Além dos shows, foi montada uma programação especial, aberta ao público, que tem início às 15h com a abertura e exposição de produtos e serviços das cooperativas do Rio Grande do Norte. Às 15h30, será a vez da Banda Marcial da Escola Estadual Jean Mermoz se apresentar para os presentes.

A Banda Fórum, por sua vez, leva ao público seu repertório que mescla Pop-rock e MPB às 17h. A programação segue com a apresentação e seleção das músicas e artistas inscritos no Festival. A premiação dos vencedores acontece logo em seguida, às 22h. Após a entrega dos prêmios, será encerrado o evento, com o Forrozão Pega na Boneca.

Read Full Post »

Em sua oitava edição, a Mostra Brasileira de Dança vai apostar na diversidade de estilos da dança, trazendo pela primeira vez ao Recife a elogiada São Paulo Companhia de Dança (SPCD). O evento acontece entre os dia 2 e 6 de julho.

O grupo de São Paulio vai trazer não só a apresentação de três trabalhos coreográficos diferentes para o público em geral e um lançamento de livro, mas também com sessão especial para estudantes da rede pública e uma série de ações pedagógicas e gratuitas, como palestra para professores e dois workshops para bailarinos com experiência.

O evento conta, ainda, com convidados do Rio Grande do Norte (a Companhia Gira Dança, cuja obra discute sobre os limites do corpo, já que alguns de seus integrantes possuem necessidades físicas especiais), Alagoas (o Ballet Eliana Cavalcanti, com um pas de deux em dança moderna) e Argentina (o casal de dançarinos de tango, Jose Fernández & Melody Gisele Celatti, pela primeira vez em Pernambuco).

Além disso, trará também diversas atrações da dança local, nos mais diferenciados estilos, com destaque para o Balé Popular do Recife e a parceria com o multiinstrumentista Antúlio Madureira, os dançarinos de salão Adriano Oliveira & Michelle Alves, a bailarina clássica Vanessa Costa e a energia popular da Lúden Cia. de Dança, entre outros talentos.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO

Dia 1° de julho, às 20h30, no foyer do Teatro de Santa Isabel
Lançamento do livro “Primeira Estação”, com organização de Inês Bogéa, diretora artística adjunta da São Paulo Companhia de Dança e doutora em artes (Unicamp). Com 336 páginas e farto material ilustrativo, a obra reúne textos de Beatriz Cerbino, Ciane Fernandes, Iracity Cardoso e Marcelo Coelho, entre outros autores com os mais diversos olhares sobre a dança. Valor: R$ 50.

Dia 2 de julho, das 10 às 12h, no salão nobre do Teatro de Santa Isabel
Palestra: “Corpo a Corpo Com o Professor”, com Inês Bogéa, uma das diretoras da SPCD e ex-bailarina do Grupo Corpo. A palestra, que é acompanhada da projeção de um documentário, oferece uma abordagem multidisciplinar da dança, utilizando-a como tema ou elemento para atividades educativas e de sensibilização. Inscrições gratuitas (restam poucas vagas): info@mostrabrasileiradedanca.com / 3082 2830.

Dia 2 de julho, das 9 às 12h, no Stúdio de Danças (Rua das Pernambucanas, 65, Graças)
Workshops para Bailarinos com Experiência: “Técnica de balé clássico”, com Ben Huys, e “Técnica de Martha Graham”, com Daniela Stasi, ambos integrantes da São Paulo Companhia de Dança.  Inscrições gratuitas. Vagas já preenchidas.

Dias 1° e 2 de julho, às 20h, no Teatro de Santa Isabel (tel. 3355 3322). Ingresso: R$ 50 e R$ 25 (estudantes, professores com carteira e maiores de 60 anos)
São Paulo Companhia de Dança (SP)
Com três coreografias distintas, entre a dança contemporânea e a dança clássica ou moderna, num único espetáculo. Direção: Iracity Cardoso e Inês Bogéa:
Passanoite, de Daniela Cardim (20 min.)
Especialmente concebida para a SPCD, a coreografia traz George Balanchine como referência. Através de duos, trios, quartetos e grupos, a obra estabelece na compreensão física da música a dramaturgia da cena, sempre aberta a interpretações.

Tchaikovsky Pas de Deux, de George Balanchine (08 min.)
Sua origem remete-se a março de 1960, em execução inicial do New York City Ballet. Trata-se de uma obra que exige grande virtuosismo técnico dos bailarinos ao mesclar técnicas clássicas e neoclássicas, num tributo ao balé romântico.

Gnawa, de Nacho Duato (23 min.)
Criado originalmente para a Compañía Nacional de Danza, o trabalho é inspirado na natureza valenciana, mediterrânea. Os gnawa constituem uma confraria mística adepta do islamismo, mas com tradições tribais incorporados da África. Portanto, um tom ritualístico envolve o transe musical e a movimentação dos corpos em cena.

Dias 3 e 4 de julho, às 20h, no Teatro de Santa Isabel (tel. 3355 3322). Ingresso: R$ 30 e R$ 15 (estudantes, professores com carteira e maiores de 60 anos)
Companhia Gira Dança (RN), com trechos dos espetáculos “O Jardim das Rosas Amarelas” (dia 03) e “A Cura” (dia 04)
Jose Fernández & Melody Gisele Celatti (Argentina)
Balé Popular do Recife & Antúlio Madureira tocando ao vivo, com trechos do espetáculo “Nordeste, a Dança do Brasil” e “As Andanças do Divino”, com participação especial do Balé Brinquedo e Balé Brasílica.

Dia 6 de julho, às 20h, no Teatro de Santa Isabel (tel. 3355 3322). Ingresso: R$ 20 e R$ 10 (estudantes, professores com carteira e maiores de 60 anos)
Solus Cia de Dança (Surubim/PE)
Cia. de Dança Everaldo Lins
Adriano Oliveira & Michelle Alves
Grupo de Ballet Jovem Stúdio de Danças
Academia Ângela Botelho
Ária Social
Equipe de Dança
Grupo NAP de Dança
SKILL – Cia. de Dança
Casa de Dança Everaldo Lins
Cia. de Folguedos
Atos do Ventre
Cia. de Dança e Teatro Luardat
Vanessa Costa (Academia Maysa)
Raíssa Araújo (Academia Maysa)
Ballet Maysa
Lúden Cia. de Dança
Companhia do Ballet Eliana Cavalcanti (AL)
André Chaves & Karla Yannara (Surubim/PE)

Read Full Post »

Fortaleza recebe duas grandes atrações nacionais. O encontro especial de Jorge Vercillo e Maria Gadú acontece no dia 16/07.

Jorge Vercillo iniciou a carreira artística aos 16 anos de idade, tocando em bares e em 1989 no Festival Internacional de Trovadores (INTROVESTCUR) alcançou o primeiro lugar com a canção “Alegre”, de sua autoria, recebendo também o prêmio de melhor intérprete.

Em 2009 concorreu ao Grammy Latino mais uma vez, na categoria Melhor Álbum de Música Popular Brasileira, com “Trem da Minha Vida”.

Tocando em casas na Barra da Tijuca, Maria conheceu artistas da TV Globo. Daí surgiu o convite para fazer participação na minissérie Maysa, cantando.

A passagem na TV foi pequena, mas a sua apresentação na festa de lançamento do programa rendeu o encontro com a Som Livre e o interesse da gravadora.

A cantora mostra suavidade em forma de MPB, com tudo muito próprio: letra, música e voz.

Local: Siará Hall
Data: 16/7/2010

Ingressos: Pista: R$ 30,00 – Camarote: R$ 50,00 – Front Stage: R$ 60,00 – Mesa pra 4 pessoas: R$ 240,00
Informações: (85) 3278.8400
Endereço: Av. Washington Soares, 3199 – Edson Queiroz

Telefone: (85) 3278.4888

Read Full Post »

Older Posts »